Vídeo análise: Mano Brown acaba com narrativa do PT em comício de Haddad

Na noite de terça-feira, 24, Mano Brown esteve no Rio de Janeiro participando comício de Fernando Haddad,

 24 de outubro de 2018 | 20h41
Por Francine Galbier

Na noite de terça-feira, 24, Mano Brown esteve no Rio de Janeiro participando comício de Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República. O rapper mostrou que fez escola com Cid Gomes. Subiu no palanque, acabou com a narrativa petista de salvadores da nação e afirmou com todas as letras que Haddad “vai perder mesmo” essas eleições, e com mérito.

Neste vídeo, Pedro Deyrot analisa o acontecido. Assista:

Entenda o caso

Se não tá conseguindo falar a língua do povo, vai perder mesmo, tio (…) Se nós somos o Partido dos Trabalhadores, o partido do povo tem que entender o que o povo quer. Se não sabe, volta para a base e vai procurar saber”, disse Mano Brown durante o último comício de Haddad. Acabou vaiado por uma parte do público e pouco depois foi embora.

Caetano Veloso também estava presente  e tentou justificar a fala do rapper. Disse: “Eu acho que a fala de Mano Brown é muito importante porque traz a complexidade do nosso momento. A mera festa pode parecer que temos uma mensagem simples a passar. O Brasil tem sido bombardeado há algumas décadas por uma imbecilização planejada em que filósofos têm dito palavrões para acostumar a mente brasileira à ideia de que o cafajeste é que nos representa. Temos que negar isso dentro de nós – não só nós que estamos aqui, que já lutamos contra isso, mas encontrar meios de dizer àqueles que se deixaram hipnotizar por essa onda. Eu estou aqui por isso, em parte como vocês, em parte como Mano Brown”.

Os comícios de Haddad estão cada vez melhor.