Tropa de Elite de SP é treinada para usar armas de guerra em ação contra o PCC

Equipes da tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo estão sendo treinadas para usar armamento

 6 de novembro de 2018 | 13h50
Por Francine Galbier

Equipes da tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo estão sendo treinadas para usar armamento de guerra contra o PCC, registrou Rogério Pagnan no UOL.

Semanas atrás o Governo do Estado descobriu um plano de fuga para o chefão do Primeiro Comando da Capital. Com mercenários estrangeiros, dois helicópteros, lança-mísseis e metralhadoras, a facção criminosa pretende resgatar Marco Comacho, o Marcola, preso em Presidente Venceslau.

A informação enviada por ofício para o Exército e Aeronáutica é de que forças paramilitares iranianas, nigerianas e membros das Farc teriam sido contratadas para o resgate de membros presos do PCC.

Para evitar a concretização da ação criminosa, o Exército Brasileiro cedeu metralhadoras para ajudar a PM de São Paulo. Nos treinos estão utilizando dois tipos de arma: as metralhadoras calibre .50 – capazes de derrubar até aeronaves -, e as MAG 7.62, ambas de uso restrito para as Forças Armadas para utilização em guerras.