TRE manda Lindbergh apagar fake news contra Flávio Bolsonaro

Após uma publicação do petista Lindbergh Farias que acusando Flávio Bolsonao de homofobia e racismo, o Tribunal

 29 de setembro de 2018 | 14h18
Por Francine Galbier

Após uma publicação do petista Lindbergh Farias que acusando Flávio Bolsonao de homofobia e racismo, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro concedeu liminar em favor de Flávio e determinou que Lindbergh exclua a publicação caluniosa.

No Twitter, Flávio Bolsonaro informou que o TRE-RJ, por força de liminar, obrigou Lindbergh Farias a retirar a postagem que o acusava de ser “racista” e “homofóbico”. Na mesma publicação, também informa que em breve o petista será citado em uma ação indenizatória por danos morais.

A esquerda está se dedicando mais do que nunca para denegrir a imagem de Bolsonaro, que ainda lidera as intenções de voto. Nesse sábado estão acontecendo atos da campanha #EleNão em diversas cidades do país, mas as imagens que já circulam pela internet mostram a natureza da manifestação: o pedido de liberdade para Lula.