Saiba quais alterações Bolsonaro poderá fazer na educação

O sistema de educação brasileiro voltou a ser criticado após o último Exame Nacional do Ensino Médio.

 11 de novembro de 2018 | 13h07
Por Francine Galbier

O sistema de educação brasileiro voltou a ser criticado após o último Exame Nacional do Ensino Médio. O presidente eleito Jair Bolsonaro chegou a se pronunciar dizendo que o Enem precisa mudar, em crítica ao conteúdo ensinado nas salas de aula. Mas o que, de fato, ele poderá fazer?

De acordo com um levantamento do O Globo, o presidente eleito poderá controlar conteúdo dos livros didáticos, influenciar nas diretrizes em elaboração de temas como identidade de gênero, orientação sexual e ensino religioso, e mudar critérios de destinação de recursos para universidades federais.

No último sábado (10), ele disse que seu governo irá tomar conhecimento do ENEM antes da prova ser aplicada. A declaração foi feita em live no seu Facebook e registrada aqui no News por Rafael Rizzo.

“Educação é um ministério complicado. Essa prova do Enem, vão falar que eu estou implicando, agora, pelo amor de Deus, esse tema da linguagem particular daquelas pessoas, que que nós temos a ver com isso, meu Deus do céu? A gente vai ver a tradução daquelas palavras, um absurdo, um absurdo, vai obrigar a molecada a se interessar por isso agora para o Enem do ano que vem. Pode ter certeza, fique tranquilo, não vai ter questão dessa forma no ano que vem, nós vamos tomar conhecimento da prova antes”, disse.

Arraste para o lado para ler mais notícias de hoje.