TSE troca empresa responsável pela divulgação da apuração das eleições e aumenta desconfiança de fraude

O Tribunal Superior Eleitoral trocou a empresa que era responsável pela divulgação dos resultados eleitorais. No primeiro

 26 de outubro de 2018 | 16h30
Por Guto Zacarias

O Tribunal Superior Eleitoral trocou a empresa que era responsável pela divulgação dos resultados eleitorais.

No primeiro turno, a divulgação foi feita pela BRCloud, que venceu uma licitação de R$1 milhão, mas por “não prestar o serviço adequadamente” e “causar contratempos”, o TSE resolveu substitui-la.

A nova responsável pela divulgação será a CPD – Consultoria, Planejamento e Desenvolvimento de Sistemas, que ficou em segundo na disputa pela licitação.

É de uma curiosidade ímpar a opção por mudança faltando poucos dias para a eleição, o que acaba aumentando as suspeitas de fraude.

Denúncias de fraude

As urnas eletrônicas estão chamando atenção de diversos setores da política nacional. Várias figuras importantes da direita brasileira já se manifestaram contrários a forma como se divulgam os dados eleitorais.

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à presidência, disse que irá propor ao Congresso uma reforma nas urnas, defendendo o sistema de voto impresso.