Perícia sugere que a própria jovem marcou a suástica em seu corpo

Segundo o jornal Zero Hora, o Instituto Geral de Perícias de Porto Alegre concluiu a apuração das lesões

 24 de outubro de 2018 | 10h17
Por Rafael Rizzo

Segundo o jornal Zero Hora, o Instituto Geral de Perícias de Porto Alegre concluiu a apuração das lesões na jovem de 19 anos que teve uma suástica desenhada em seu corpo por supostos eleitores do Bolsonaro após andar na rua com uma camiseta do #EleNão

O lauro pericial sugere que as marcas podem ter sido provocadas pela própria “vítima”, mas não descartam que os ferimentos tenham sido feitos com consentimento dela.

“Houve lesões superficiais, contínuas, uniformes e sem profundidade em região do corpo facilmente acessível pela periciada”

A polícia segue investigando o caso para comprovar a autoria, e se foi mesmo uma suástica ou um símbolo budista.

Esse laudo por enquanto serve para envergonhar os jornalistas e formadores de opinião que não esperaram nem a Polícia começar a investigar para se posicionarem contra eleitores e apoiadores de Jair Bolsonaro. Será que vão pedir desculpas?

Siga o MBL no instagram @mblivre