Patrícia Ferraz do MBL pode assumir como deputada federal pelo Amapá

Patrícia Ferraz é militante do MBL no Amapá e pode assumir como deputada federal.

Política
 23 de janeiro de 2019 | 12h28
Por Cauê Del Valle

Em determinação divulgada nesta terça-feira, 23, o juiz Léo Furtado, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AP) ordenou a recontagem dos votos das eleições de outubro passado com a exclusão dos votos atribuídos ao PSC por conta de irregularidades no registro.

Após a determinação o advogado Vladimir Belmino em entrevista a rádio Diário FM, confirmou que com a decisão o deputado André Abdon (PP-AP) deve perder a cadeira para a candidata Patrícia Ferraz (PR-AP), que obteve 12.950 votos e deve assumir como deputada federal pelo Estado.

Patrícia falou com o MBL News sobre o caso.

”Agora o TRE fará a recontagem dos votos válidos e o presidente deve dar a diplomação, mas precisamos aguardar”, disse Patrícia.