ONU volta a condenar regime comunista da Coreia do Norte por falta de direitos humanos

A Organização das Nações Unidas voltou a condenar a ditadura comunista da Coreia do Norte por falta

 23 de outubro de 2018 | 20h03
Por Guto Zacarias

A Organização das Nações Unidas voltou a condenar a ditadura comunista da Coreia do Norte por falta de avanços no âmbito dos direitos humanos. A ONU acreditava que após a reaproximação das Coreias e entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, a situação iria melhorar, porém, não foi o que aconteceu.

“A situação dos direitos humanos no momento atual não mudou na Coreia do Norte, apesar de progressos importantes em matéria de segurança, paz e prosperidade”, declarou durante uma coletiva de imprensa Tomás Ojea Quintana, relator especial da ONU sobre direitos humanos na Coreia do Norte. A informação é do portal UOL.

Ditadura da Coreia Do Norte importou US$ 640 milhões em bens de luxo

A ditadura comunista da Coreia do Norte importou US$ 640 milhões em bens de luxo da China em 2017. De acordo com a Forbes, a Organização das Nações Unidas (ONU) proíbe os norte-coreanos de fazer tais negócios, em razão dos programas nuclear e de mísseis de Kim Jong-un.