O Psol vai suspender o WhatsApp?

A Folha de S. Paulo fez uma reportagem que tenta colocar Jair Bolsonaro como beneficiado por um

 19 de outubro de 2018 | 13h04
Por Francine Galbier

A Folha de S. Paulo fez uma reportagem que tenta colocar Jair Bolsonaro como beneficiado por um suposto caixa 2 decorrente de uma ação de empresários que teriam comprado pacotes de disparos de mensagens no Whatsapp para distribuir conteúdo antipetista.

Os partidos de esquerda imediatamente entraram com ações contra o aplicativo, o PSL e os empresários citados, sendo o mais conhecido deles Luciano Hang, dono da Havan. O PDT e o PT pediram inelegibilidade de Bolsonaro. Já o PSOL quer a suspensão do WhatsApp até as eleições finais.

Neste vídeo, Kim Kataguiri explica o caso. Assista:

Haddad acusa Bolsonaro de fraude

Em entrevista coletiva, divulgada no Morning Show nesta sexta, 19, Fernando Haddad disse que se trata de uma tentativa de fraudar as eleições e que o correto seria Ciro Gomes ir para o segundo turno ao invés de Bolsonaro. Em live, o candidato do PSL disse que não precisa de fake news e que a Folha de S. Paulo está jogando no time do PT.