O machista que a esquerda ama

Relembrar é viver: em 17 de outubro do ano passado, o coronel Ciro Gomes se destacou nos

 23 de setembro de 2018 | 15h34
Por Francine Galbier

Relembrar é viver: em 17 de outubro do ano passado, o coronel Ciro Gomes se destacou nos noticiários após falar sobre a então pré-candidatura de Marina Silva afirmando que “o momento é de testosterona”.

Não se viu a esquerda reclamando de que o discurso era miógeno. Ciro é o machista que a esquerda ama.