MBL vai até Brejão (PE) onde capangas de prefeita ameaçam demitir apoiadores de Bolsonaro

A Jornada Patriótica do MBL segue pelo Nordeste. Após passar pelo interior da Bahia, nossas lideranças visitaram

 26 de outubro de 2018 | 14h49
Por Rafael Rizzo

A Jornada Patriótica do MBL segue pelo Nordeste.

Após passar pelo interior da Bahia, nossas lideranças visitaram cidades como Caruaru e Garanhuns, em Pernambuco. A próxima parada é em Brejão, onde capangas da prefeita Beta Cadengue, PSB, ameaçaram servidores públicos de demissão caso continuem a apoiar e votar em Bolsonaro.

O caso tomou a internet nos últimos dias quando começou a circular um áudio de Morais, conhecido como “cabelo de rato”, um dos capangas da família que comanda a cidade.

Beta Cadengue, prefeita de Brejão, ao lado de Morais.

Ele aparece dizendo que há funcionários públicos postando nas redes sociais que irão votar em Jair Bolsonaro (PSL). Morais ameaça estes funcionários de demissão caso não passem a apoiar Haddad; e ainda mente que Bolsonaro irá tirar a comida da mesa das pessoas.

Escute:

Os coordenadores nacionais do MBL, e agora deputados, Kim Kataguiri e Arthur do Val, além dos vereador Fernando Holiday, estão indo para a cidade combater as ameaças dos capangas da prefeita. Mais informações em instantes.