Manifestação pelo #EleNão é palanque político da esquerda

As manifestações da campanha #EleNão estão acontecendo neste sábado por várias cidades do país, sendo São Paulo

 29 de setembro de 2018 | 19h48
Por Francine Galbier

As manifestações da campanha #EleNão estão acontecendo neste sábado por várias cidades do país, sendo São Paulo e Rio de Janeiro as principais. Mas, como já era esperado, se trata de palanque político para candidatos da esquerda.

Na capital paulista, o ato acontece na zona oeste, no largo da batata. Marina Silva, candidata à Presidência da Rede, e Guilherme Boulos, presidenciável PSOL, estiveram no local e aproveitaram para fazer autopromoção. A informação de que ambos participaram é da Folha.

Como já reportado aqui no News, as fotos que circulam pelas redes sociais deixam evidente a natureza partidária dos eventos: bandeiras de partidos, adesivos de candidatos, cartazes e camisetas que pedem a liberdade de Lula, bonés do Movimento Sem Terra, etc.

Sob a desculpa da causa feminista, mais uma vez a esquerda utiliza o movimento das mulheres como massa de manobra pra fazer proselitismo político.

Largo da Batata, 29/09. Ato contra Bolsonaro.