“O Lula tá preso, babaca! Vocês vão perder”

“Tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira. É assim?! É? Pois tu vai perder

 16 de outubro de 2018 | 10h06
Por Francine Galbier

“Tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira. É assim?! É? Pois tu vai perder a eleição. Não admitiu mea culpa, não admitiu os erros que cometeram. Isso é pra perder a eleição e é bem feito. É bem feito perder a eleição. Pois vão e vão perder feio!”, disparou Cid Gomes em um evento de apoio à candidatura de Fernando Haddad, promovido pelo governador Camilo Santana, PT, em Fortaleza, Ceará.

Assista:

“O Lula está preso, babaca!”

O senador Cid Gomes, PDT, que é irmão de Ciro Gomes, acaba de entrar pra lista negra dos lulistas. O que não é algo necessariamente positivo. A direita precisa ficar de olho, afinal, nada que é feito por essa gente é de acaso. A família Ferreira Gomes está pensando em quem poderá ser a nova liderança da esquerda. Agora que a força de Lula não foi o suficiente para eleger um segundo poste, os eleitores procuram quem será o novo representante que poderá contrapor Jair Bolsonaro, e muitos já identificaram o antagonismo em Ciro. Pois bem. Cid Gomes conseguiu algo extremamente positivo para seus objetivos: desvincular a imagem de sua família do petismo moribundo.

A posição de Ciro já é conhecida e segue nessa linha, de forma menos agressiva. Disse que apoiaria Haddad mas de forma “crítica” e que não subiria em palanque com o petista. Ainda mais agora. Parece que a relação PDT e PT poderá ter um final não tão feliz. O ex marketeiro João Paulo Cunha disse em seu Facebook:

“A deslealdade é a arma silenciosa e fria dos canalhas. Ciro e Cid Gomes são desleais. São frios. E são canalhas. Ciro é verborrágico e mimetiza os coronéis que fingiu enfrentar, mas à sombra dos quais sempre viveu Cid, que sente o bafo quente do Ministério Público e da Polícia Federal no seu cangote pelos desvios que muitos o acusam no 8 anos em que governou o Ceará, viveu esta noite seus 15 minutos de fama política nacional. Derreterá antes de sentar nas cadeiras azuis do Senado. Uma vez lá, estará para sempre condenado à irrelevância: a deslealdade é o veneno que mata os canalhas. Ciro e Cid são dois zumbis da política. Estão por mortos por deslealdade. Acanalharam a política cearense.”

E o petista José Guimarães sentenciou: “Acabou a aliança com eles no Ceará”.