Governo Trump é alertado que Venezuela, Irã e Hezbollah querem influenciar eleições brasileiras

Faltando cerca de uma semana para o segundo turno da eleição presidencial brasileira, o clima começa a

 20 de outubro de 2018 | 16h20
Por Rafael Rizzo

Faltando cerca de uma semana para o segundo turno da eleição presidencial brasileira, o clima começa a ficar cada vez mais tenso. O deputado republicano Dana Rohrabacher escreveu uma carta ao secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Popeo, ex-diretor da CIA, alertando que grupos como Helzbollah, e países como Venezuela e Irã, podem estar interferindo nas eleições brasileiras.

O deputado cita especificamente que Jair Bolsonaro já foi vítima de uma tentativa de assassinato, mas sobreviveu, liderando o primeiro turno. Dana pede para que o governo Trump faça o que puder ser feito para garantir que a eleição brasileira seja livre e justa, e que todos os procedimentos para garantir a segurança dos candidatos sejam feitos.

A informação é do BR18 e já está gerando um buzz nas redes sociais.

Abaixo, a carta completa do republicano.

Análise: e agora, Bolsonaro? Vídeo novo no canal do MBL no youtube.