Gleisi Hoffmann diz não ter dúvida de que americanos se envolveram no ‘golpe’ e na eleição de Bolsonaro

A senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann afirmou ao jornal argentino Contexto que não tem dúvidas

 12 de novembro de 2018 | 12h57
Por Rafael Rizzo

A senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann afirmou ao jornal argentino Contexto que não tem dúvidas de que americanos estiveram envolvidos no “processo” que aconteceu no Brasil nos últimos anos.

A futura deputada federal falava sobre o impeachment, a prisão de Lula e a eleição de Bolsonaro ao entrevistador e disse que “os Estados Unidos têm interesse em nosso petróleo e em nossa economia.”

“Não tenho dúvidas de que as mãos dos americanos estiveram envolvidas nesse processo. Até mesmo Steven Bannon, que era conselheiro de Donald Trump, também foi consultor na campanha de Bolsonaro“, declarou.

Gleisi completou: “O papel da Globo foi o de construir as relações públicas do processo do golpe, da destituição da Dilma, da prisão de Lula e, agora, para viabilização do governo Bolsonaro”.

A presidente do PT ainda disse que “os novos golpes não usam baionetas, usam o Judiciário”. Gleisi não disse ao jornal que a maioria dos ministros da Suprema Corte foram indicados por seu partido.