Flávio Bolsonaro: “Agora já foi desbloqueado, mas ainda sem explicação clara sobre o porquê da censura”

Como informado anteriormente, a Folha de S. Paulo publicou uma reportagem na quinta, 19, sobre um grupo de

 19 de outubro de 2018 | 15h53
Por Francine Galbier

Como informado anteriormente, a Folha de S. Paulo publicou uma reportagem na quinta, 19, sobre um grupo de empresários que teriam comprado pacotes de disparos de mensagens no WhatsApp para divulgação de materiais contra o PT.

Mais cedo, Flávio Bolsonaro, filho mais velho de Jair Bolsonaro, postou em seu Instagramque seu número foi banido do WhatsApp. “A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma.”, escreveu.

Poucas horas depois, publicou no Twitter: “Meu telefone, cujo WhatsApp foi bloqueado, é pessoal e nada tem a ver com uso por empresas. O próprio WhatsApp informou que o bloqueio foi há dias, antes da Fake News da Foice de SP. Agora já foi desbloqueado, mas ainda sem explicação clara sobre o porquê da censura.”