Fernando Holiday declara apoio a Bolsonaro

Líder do Movimento Brasil Livre e vereador pelo DEM em São Paulo capital, Fernando Holiday declarou oficialmente

 5 de outubro de 2018 | 16h31
Por Francine Galbier

Líder do Movimento Brasil Livre e vereador pelo DEM em São Paulo capital, Fernando Holiday declarou oficialmente seu apoio a Jair Bolsonaro como candidato à Presidência nesta quinta, 5.

Em vídeo vinculado na sua página oficial, disse que é de conhecimento público que ele tem suas divergências com o candidato do PSL, mas “o Brasil passa agora por, talvez, o momento mais importante de toda sua democracia”.

“Essa eleição se tornou um plebiscito”, diz Holiday que explica o cenário: estamos entre aqueles que querem a volta do PT e sua ditadura versus os que querem garantir suas liberdades individuais.

Assista:

Fernando Holiday declara seu voto à presidência da república

Nessa reta final eu não poderia me abster de declarar meu voto à Presidência da República. Considerando todo o cenário eleitoral em jogo e os planos de governo que podem ser colocados em prática, além do risco da volta do petismo, tomei minha decisão.Dia 28, voto 17 para presidente.#BolsonaroPresidente #Bolsonaro2018

Posted by Fernando Holiday on Friday, October 5, 2018

Bolsonaro dispara na liderança em nova pesquisa do Datafolha

O candidato Jair Messias Bolsonaro, do PSL, aumentou suas intenções de voto de acordo com a pesquisa do Datafolha publicada nesta quinta, 4. Ele aparece com 39% dos votos válidos. Em segundo lugar está o petista Fernando Haddad, com 25%.

O instituto ouviu 10.930 eleitores em 389 cidades do país na quarta e nesta quinta, registra a Folha. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Em um segundo turno, a pesquisa apurou que Haddad e Bolsonaro empatam tecnicamente. Bolsonaro aparece com 44% e Haddad com 43%.

No que tange aos índices de rejeição, Bolsonaro manteve seu percentual de 45%. Já Fernando Haddad está com 40%.

Para acompanhar a média de todas as pesquisas realizadas pelos institutos, acesse o painel de análise do Movimento Brasil Livre em: www.mbl.org.br/analise

Novos atos contra Bolsonaro foram convocados pela esquerda e estão marcados para este sábado, anterior as eleições. Parece mesmo que eles estão empenhados em ajudar Bolsonaro a se eleger.