Esquerda utiliza crianças em vídeo para gerar ódio e divisão na sociedade

Nesta semana, a agência Voto Limpo, alinhada a esquerda publicou um vídeo utilizando crianças que reproduzem frases

 25 de outubro de 2018 | 17h53
Por Guto Zacarias

Nesta semana, a agência Voto Limpo, alinhada a esquerda publicou um vídeo utilizando crianças que reproduzem frases pitorescas de Jair Bolsonaro, candidato do PSL à presidência da República.

É mais uma atitude lamentável: utilizar crianças para criar medo e dividir ainda mais a população brasileira. Poderiam simplesmente ter um senso mínimo de ética e utilizarem atores adultos, mas seria pedir muito de uma gente que defende uma ideologia tão nefasta.

Além do mais, a única função de um vídeo como o divulgado pela entidade é suscitar na população que as frases de Bolsonaro são defendidas pelos seus apoiadores, o que é mentira, uma vez que o próprio candidato do PSL já disse ter se arrependido das suas antigas – e erráticas – falas.

Ademais, Lula, Dilma, Ciro e outros ícones dos socialistas já disseram frases piores e não foram criticados. Deixando claro a seletividade dos “politicamente corretos”.

Veja o vídeo da agência Voto Limpo: