fbpx
São Paulo
Doria é condenado a pagar 50 salários de quando era prefeito de SP

Ex-prefeito é condenado por usar slogan “Acelera SP”

11/05/2019 21h45

O ex-prefeito de São Paulo e atual Governador do estado, João Dória (PSDB), havia sido condenado pelo uso da marca “Cidade Linda”, agora ele sofreu mais uma acusação, desta vez, a de improbidade administrativa, pelo uso do slogan “Acelera SP”. A defesa do governador já informou que irá recorrer.

Neste sábado (11), a juíza Cynthia Thomé, da 6ª Vara da Fazenda Pública , que já havia condenado João Doria provisoriamente em uma liminar em junho de 2018, condenou Doria a pagar o valor referente a 50 salários de quando era prefeito por improbidade administrativa. A ação foi propostas por Nelson Sampaio, da Promotoria do Patrimônio Público.

“O fato do réu não ter se utilizado de verba pública para difundir a sua publicidade pessoal não descaracteriza a sua conduta como ímproba pois, conforme elucida Alexandre de Moraes, casos de improbidade administrativa são aqueles que, possuindo natureza civil e devidamente tipificados em lei federal, ferem direta ou indiretamente os princípios constitucionais e legais da administração pública, independentemente de importarem enriquecimento ilícito ou de causarem prejuízo material ao erário público” disse a juíza citando o ministro do STF, Alexandre de Moraes.

“A defesa do governador João Doria irá recorrer ao Tribunal de Justiça da decisão por não concordar que tenha havido qualquer ato de improbidade administrativa por parte do então Prefeito de São Paulo”, declarou a assessoria do governador em nota.

Professor de filosofia, jornalista e diretor do movimento Neoiluminismo. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.