Depoimento de Lula para juíza Gabriela Hardt | Assista agora ao MBL News com Renan Santos e Guto Zacarias

Nesta edição do MBL News, Renan Santos e Guto Zacarias comentam sobre os principais assuntos desta quarta-feira,

 14 de novembro de 2018 | 18h19
Por Francine Galbier

Nesta edição do MBL News, Renan Santos e Guto Zacarias comentam sobre os principais assuntos desta quarta-feira, 14.

Na pauta:

Mais Médicos

O presidente eleito anunciou que irá modificar os termos e condições do Programa Mais Médicos. De acordo com as novas regras, os profissionais estarão condicionados a um teste de capacidade e, caso habilitados, passam a receber salário integral, sem destinar nenhum valor para Cuba. Além disso, familiares dos contratados também terão liberdade para morar no Brasil. A ditadura cubana já se pronunciou informando que não irá mais participar do Mais Médicos, alegou que as condições impostas pelo novo governo são “inaceitáveis” e ordenou que os médicos cubanos abandonem o Brasil. O ministério da Saúde informou que lançará um edital para ocupar as vagas que serão deixadas. No fim da tarde de hoje, Bolsonaro ofereceu asilo político aos cubanos que pedirem.

Novo ministro

Ernesto Araújo foi nomeado ministro das Relações Exteriores nesta quarta-feira. Diplomata há 29 anos, atualmente Ernesto é Diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty. Com essa definição, temos a seguinte configuração: Paulo Guedes está confirmado para o ministério da Economia, pasta que reunirá Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio; Onyx Lorenzoni estará a frente da Casa Civil; Marcos Pontos deverá ser o ministro da Ciência e Tecnologia; Tereza Cristina ocupará o ministério da Agricultura; Augusto Heleno, também general do Exército, será ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, o General Fernando Azevedo e Silva irá assumir o ministério da Defesa enquanto o Ministério da Justiça e Segurança estará a cargo de Sérgio Moro.

Escola Sem Partido

Ainda sobre o novo governo, o diretor de articulação do Instituto Ayrton Senna, Mozart Ramos, esteve em reunião com Onyx Lorenzoni na semana passada e pode estar sendo cotado para assumir o ministério da Educação. Mozart foi do Conselho Nacional de Educação entre 2005 e 2014 e foi sondado para assumir o MEC em 2016, mas recusou. Além de simpático a Fernando Haddad, Mozart também é contrário ao Escola Sem Partido, projeto que considera “desnecessário”. Não parece uma escolha nem um pouco plausível.

Lula na cadeia

O interrogatório de Lula na Justiça Federal de Curitiba começou às 15h00 e terminou por volta das 17h50. A juíza substituta Gabriela Hardt ouviu o petista na ação que investiga reformas no sítio de Atibaia. Enquanto Lula estava depondo, petistas comedores de mortadela tumultuavam o local pedindo “Lula Livre” e protestando contra Sérgio Moro. Dez minutos após o fim da audiência, Lula retornou para a Superintendência da Polícia Federal, onde está preso desde abril.

Enterro do PT

O núcleo estadual do Movimento Brasil Livre na Bahia realizou um enterro do PT na última terça-feira, 13. O ato aconteceu em Salvador, no campus Ondina, da Universidade Federal da Bahia. De acordo com o coordenador local Siqueira Jr, a intenção do ato era simbolizar o encerramento de uma era de doutrinação da esquerda dentro das universidades brasileiras. Temos o vídeo no ponto, roda aí produção.

Cotas trans

Sob forte pressão da militância LGBT, a Universidade Federal do ABC liberou a implantação de cotas para ingressantes transexuais e transgêneros via Sisu. A mudança começa a valer a partir de 2019. O coordenador local do MBL, Márcio Colombo denunciou que o Conselho acatou as exigências dos representantes do coletivo LGBT “Prisma” e pela deputada estadual eleita do PSOL, Dandara dos Santos, que é transexual. O núcleo do MBL no ABC está trabalhando no caso.

Assista ao vivo:

https://www.youtube.com/watch?v=k-fhqVMvUG8