Brasil registra mais de 38 mil mortes violentas em 9 meses

De acordo com o índice nacional de homicídios, 38.436 brasileiros foram assassinados durante os 9 primeiros meses

 15 de novembro de 2018 | 12h25
Por Francine Galbier

De acordo com o índice nacional de homicídios, 38.436 brasileiros foram assassinados durante os 9 primeiros meses deste ano. O número não leva em conta dois estados, Maranhão e Paraná, porque não divulgaram dados referentes a setembro, julho e agosto.  O levantamento leva em consideração homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. A informação é do G1.

Esse fato coloca mais ainda em evidência o problema latente da segurança pública no país. Futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro já possui algumas propostas de medidas que serão enviadas ao Congresso Nacional durante sua gestão:

1. Condenados por homicídio pelos tribunais do júri devem cumprir a pena imediatamente, sem esperar o julgamento de recursos;

2. O fim da progressão de pena e saidinhas para presos que tenham vínculos com organizações criminosas;

3. O aumento do prazo de prescrição de pena para crimes graves;

4. A regulação mais clara para que policiais possam trabalhar disfarçados;

5. A ampliação do banco de dados genético para esclarecer crimes com exame de DNA;

6. Proteção de denunciantes anônimos;

Com essas mudanças, espera-se uma melhora do quadro crítico em que a segurança pública do Brasil se encontra.