Bono Vox faz ataque pesado a Bolsonaro e revolta brasileiros

Como já relatado aqui no News, durante um show em Belfast, Irlanda do Norte, que ocorreu no

 30 de outubro de 2018 | 12h08
Por Francine Galbier

Como já relatado aqui no News, durante um show em Belfast, Irlanda do Norte, que ocorreu no último domingo, 28, o vocalista da banda U2 criticou o presidente eleito no Brasil, Jair Bolsonaro.

Até aí, sem novidade: um artista internacional que acredita ser um grande pensador habilitado para tecer palpites sobre o que acontece na política de qualquer país do mundo. O que revoltou os brasileiros não foi isso e sim a utilização e fala do personagem MacPhisto – que representa o diabo – e que comparava Bolsonaro com um demônio.

“O que vocês estão olhando, Belfast? Vocês nunca viram um político antes? Os demônios de MacPhisto estão tomando o poder ao redor do globo. Meu tipo de pessoa, como Donald, fazendo a América odiar de novo. Meu bonitão filipino, Rodrigo Duterte. Mesmo hoje, nesse dia de eleição… duzentos milhões de pessoas prestes a ter seu carnaval transformado numa parada militar por um homem chamado capitão Bossa Nova. Bolsonaro, não esqueçam o nome. Muitos nomes, mas apenas um rosto: o meu”, disse MacPhisto.

O vídeo foi publicado na página oficial da banda no Facebook e eleitores de Bolsonaro reclamaram da comparação de Bolsonaro com um demônio. Como todos sabemos, a maioria dos eleitores de Jair são cristãos.

“Desculpe, Bono, mas apenas quem mora no Brasil é capaz de entender profundamente os problemas de corrupção no nosso país. O novo presidente representa ao menos a esperança de dias melhores para o nosso povo”, escreveu um internauta.

Veja:

MacPhisto announces the Brazil election results in advance. But is he right? You better believe it. Far right!#fiendsofmacphisto #whenyoudontbelieveiexist #U2 #U2eiTour #Brazil

Posted by U2 on Tuesday, October 30, 2018