Após criticar o PT, Fernanda Gentil é hostilizada pela esquerda

Parece que os petistas estão cada vez mais desesperados. Luciano Huck publicou um artigo na Folha em

 17 de outubro de 2018 | 16h07
Por Guto Zacarias

Parece que os petistas estão cada vez mais desesperados.

Luciano Huck publicou um artigo na Folha em que, entre outras coisas, diz que não compactua “com o modo de pensar e de operar do PT”. Após a publicação ele fez uma postagem em seu perfil oficial no Instagram dizendo: “não voto no PT, nunca votei”.

Diversos artistas comentaram, em maioria apoiando a nota de Huck. Dentre os apoiadores estava Fernanda Gentil, jornalista e comentarista esportiva da Rede Globo, que comentou: “É isso. Ponto final”.

Após o comentário de Gentil, muitos internautas de esquerda atacaram a moça. Partindo do princípio de que ela é assumidamente homossexual, seus seguidores usaram o argumento de que era incoerente ser “gay e de direita”, apesar da jornalista não ter se declarado como adepta das ideias conservadoras.

Veja algumas reações:

 

 

Foi esse tipo de discurso, incitando o ódio político, que fez com que as ideias de esquerda ruíssem no Brasil e no mundo. A população em geral simplesmente não compactua com tais pensamentos.