Ana Amélia é cotada para ministério das Comunicações

Nesta quinta-feira, 22, a senadora Ana Amélia (PP-RS) se reuniu com o presidente eleito Jair Bolsonaro e

 22 de novembro de 2018 | 12h38
Por Francine Galbier

Nesta quinta-feira, 22, a senadora Ana Amélia (PP-RS) se reuniu com o presidente eleito Jair Bolsonaro e com o vice-presidente Hamilton Mourão. De acordo com Igor Gardelha, da Crusoé, ela está cotada para assumir o Ministério das Comunicações.

Na noite de ontem, O Antagonista publicou que Bolsonaro queria o filho Carlos na pasta. A notícia foi desmentida por Carlos via Twtter, no entanto, Claudio Dantas – um dos jornalistas do portal – publicou um áudio horas depois com a entrevista que fez com Bolsonaro por telefone.

Hoje cedo, O Antagonista publicou o seguinte: “o nepotismo vergonhoso de Jair Bolsonaro, que pretende indicar o próprio filho como ministro da Secom (leia aqui a entrevista do presidente eleito para O Antagonista), tem um motivo, segundo a Folha de S. Paulo: Carlos Bolsonaro “quer evitar influência extrema de auxiliares dos quais ele não gosta, como Gustavo Bebianno”.

Em resposta, Carlos escreveu em seu Twitter que a matéria era vergonhosa e tinha desinformações do início ao fim. “Para variar fazendo novamente um desserviço ao brasileiro. Uma sugestão: apurem a verdade para depois destilarem o veneno! Lamentável mais esta atitude deste site!”, escreveu.

Duas horas depois, Carlos informou: “O meu ciclo de tentar ajudar diretamente chegou ao fim. São 18 anos de vida pública dedicados ao que acredito. Estes últimos 3 meses de licença não remunerada para acompanhar o que sempre acreditei se encerram. Semana que vem volto às atividades na Câmara de Vereadores do Rio. Complemento aos amigos que desde ontem não tenho mais, por iniciativa própria, qualquer ascensão às redes sociais de Jair Bolsonaro.”