Ainda no mandato de deputado federal, Bolsonaro destina R$ 2 mi para Santa Casa via emenda

Cumprindo o final de seu mandato como deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PSL), destinou

 17 de novembro de 2018 | 15h34
Por Cauê Del Valle

Cumprindo o final de seu mandato como deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PSL), destinou mais R$ 2 milhões de uma emenda individual parlamentar para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG).

O hospital ficou conhecido após prestar o primeiro atendimento ao então candidato à presidente, no episódio em ele foi vítima de uma facada durante a passagem de sua campanha pela cidade. Como deputado, Bolsonaro tem direito a direcionar até R$ 15,4 milhões em emendas parlamentares ao orçamento da união de 2019.

O presidente justificou o destino da emenda afirmando que o déficit da instituição em 2017 teria sido de R$ 27,1 milhões. Como este tipo de verba é impositiva, o governo deve executar.

Recentemente milhares de eleitores de Bolsonaro publicaram doações feitas a Santa Casa, após o TSE informar que mesmo manifestando interesse em doar o que havia sobrado de sua campanha ao hospital, o presidente eleito teria que devolver a quantia ao seu partido.

A assessoria de imprensa da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora confirmou o recebimento das doações, no entanto não divulgou um balanço de quantos depósitos foram feitos e nem o valor arrecadado desde o começo da iniciativa popular.