Nesta quinta (20) foi publicado um relatório da Anistia Internacional que afirma que as forças de segurança do Estado venezuelano estão usando força letal para assassinar setores mais vulneráveis da população.

Homens jovens e pobres são as principais vítimas.

Segundo o documento, entre 2015 e junho de 2017 aconteceram mais de 8.200 execuções extrajudiciais.

Esse é o socialismo que deu certo.

As informações são da Folha UOL.

o/ Francine Galbier