Ministro substituto do TSE, Carlos Horbach ordenou que o Twitter informe detalhes de 16 usuários que comemoraram o atentado contra o candidato do PSL Jair Bolsonaro, esfaqueado no último 6 de setembro em Juiz de Fora, MG. Apesar de não ter ordenado a remoção das postagens, o juiz estipulou uma multa diária de 50 mil reais em caso de descumprimento. As informações são do O Globo.

o/ Francine Galbier

EXCLUSIVO: Romeu Zema fala ao MBL News sobre privatizações, cortes de privilégios e a polêmica envolvendo o NOVO

Em entrevista exclusiva ao MBL News, o governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), falou sobre > continuar lendo…

“A esquerda tem medo de perder a hegemonia conquistada nas escolas e universidades nos últimos 30 anos”, diz Miguel Nagib ao MBL News

O advogado Miguel Nagib iniciou sua cruzada pessoal contra a doutrinação ideológica nas salas de aulas de > continuar lendo…

Porchat ataca “homens brancos” e ouve verdades incômodas. Assista

SÃO PAULO – O humorista e apresentador Fábio Porchat resolveu desancar os “privilégios” de homens brancos e > continuar lendo…

Antropóloga mira em Bolsonaro e acerta Ciro Gomes

SÃO PAULO – Gosto de redes sociais. Servem como instrumento de trabalho e também como fuga – > continuar lendo…

Janaína Paschoal é forte candidata à Presidência da Assembleia de São Paulo

Os deputados estaduais só tomarão posse no dia 15 de março, mas a disputa pela Presidência da > continuar lendo…

Cantor constrangido por Cláudia Leitte fala com exclusividade ao MBL News

“Se fosse um homem ali, sua carreira teria acabado”, diz ex participante do The Voice Em 13 > continuar lendo…

“Pelo menos não levei cuspe”, diz deputado do PSL sobre agressão de deputado psolista

Na noite de ontem (13), o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), promoveu uma audiência contrária ao projeto > continuar lendo…