O senador conservador Barry O’Sullivan entrou em uma polêmica após discutir sobre aborto com Larissa Waters, senadora do Partido Verde australiano. “O senhor precisa tirar as mãos e os rosários dos meus ovários e das 10 mil mulheres de Queensland que fazem aborto todos os anos”, disse Waters.

Foi então que Barry teve uma sacada inusitada: disse que estava “mudando seu gênero” para o feminino e reivindicou seu direito de opinar. Segundo a legislação da Austrália,  a simples expressão oral da mudança de sexo é suficiente para que a mudança ocorra – sim, é bizarro, mas é o que acontece por lá.

Barry protestou e disse que era impossível falar de aborto sem ser atacado pela “massa enfurecida de vermes de extrema esquerda”. “Não vou permanecer em silêncio enquanto essas pessoas marginalizam as políticas e as ideias que discutimos para essa nação”.

Assista ao momento em que Barry faz sua declaração:

o/ Francine Galbier

Vídeo: Constrangido por Kéfera em Encontro, Wallace fala com exclusividade ao MBL News

O assunto do final de semana foi o show de arrogância da youtuber Kéfera no programa global > continuar lendo…

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…