Durante o último debate entre os presidenciáveis, que aconteceu na Globo nesta última noite de ontem, o candidato do MDB Henrique Meirelles fez Guilherme Boulos, do PSOL, virar piada na internet.

Após Boulos questionar Meirelles sobre ser parte do Governo Temer, o MDBista respondeu: “Faço parte da minha história. E eu trabalho. Sei que pode parecer estranho pra você essa história de trabalhar”.

Guilherme Boulos é líder do MTST, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, organização invasora de extrema-esquerda.

Em vídeo, o coordenador do MBL Kim Kataguiri analisou o debate completo:

GLOBO VS RECORD

No mesmo horário do debate, a Record transmitiu uma entrevista exclusiva com Jair Bolsonaro, a primeira após ele receber alta do hospital.

O jornal da Record teve 11,1 pontos de média em São Paulo. Esse foi seu melhor desempenho desde 1/11/2017. Durante a exibição da entrevista de Bolsonaro, o noticiário marcou 13,6 pontos, quase o dobro da média do programa em setembro, registra o Noticias da TV UOL. Já o debate entre os candidatos à Presidência, exibido pela Globo, teve média de 22,0 pontos e foi o que menos deu audiência em relação a 2014.

GUERRA JURÍDICA

Bolsonaro alegou ordens médicas e não participou do último debate entre os presidenciáveis, que aconteceu na Globo nesta quinta, às 22:00. No entanto, a exibição de sua entrevista na Record foi no mesmo horário. Segundo o colunista Ancelmo Gois, a intenção era enfrentar o debate da emissora concorrente.

O Tribunal Superior Eleitoral recebeu quatro representações contra a veiculação da entrevista,  ajuizadas pelas coligações dos candidatos à presidência Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos (Psol) e Henrique Meirelles (MDB), e pelo deputado federal Wadih Damous (PT/RJ), como registrou o Conjur. Eles alegavam incoerência por parte do candidato do PSL.

Na representação de Wadih Damous é dito: “(…) Quando a atitude como a empreendida in casu possui o cristalino escopo de macular o livre arbítrio do eleitor induzindo-o a assistir entrevista de um candidato enquanto os concorrentes ao mesmo cargo se encontram em outra emissora, no mesmo horário, por competição entre canais de TV, carece de ser recriminada por esse Egrégio Tribunal Superior Eleitoral”.

o/ Francine Galbier

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…