A rejeição de Fernando Haddad cresceu em todas regiões, segundo o levantamento do DataFolha divulgado na última terça, 2. O petista foi de 32% para 41%.

No Sul, Sudeste e Centro-Oeste, Haddad ultrapassa Bolsonaro em rejeição. O candidato do PSL é líder nas pesquisas de intenções de voto.

No Sul, 52% dos eleitores não votariam em Haddad. No Centro-Oeste, 44%. No Norte, 34%. E no Sudeste, 47%. Até mesmo no Nordeste, onde Haddad lidera, sua rejeição está em 26%.

Bolsonaro, por sua vez, era o mais rejeitado até então. Após o último final de semana, marcado por atos da campanha #EleNão, as intenções de voto de Bolsonaro subiram e seu nível de rejeição abaixou 1 ponto, ficando em 41%.

As expectativas são de um segundo turno entre Haddad e Bolsonaro.

Nessa pesquisa foram realizadas 3.240 entrevistas em 225 municípios e a margem de erro é de 2 pontos.

As informações são da Folha.

o/ Francine Galbier

Vídeo: Constrangido por Kéfera em Encontro, Wallace fala com exclusividade ao MBL News

O assunto do final de semana foi o show de arrogância da youtuber Kéfera no programa global > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…