A escola municipal de educação fundamental Aníbal Rodrigues Pinheiro, localizada no município de Solonópole, Ceará, teve uma prova de Língua Portuguesa aplicada aos alunos do 6º ano com uma questão fazendo propaganda contrária ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, relata o Tribuna do Ceará.

A questão trazia a imagem de um homem segurando um cassetete e um balão de diálogo que dizia: “Não discuto promiscuidade! Filho meu é bem educado e não corre o risco de se apaixonar por negras ou gays”. Na pergunta é dito que a fala faz referência a um candidato à presidência. A resposta correta é a opção com o nome de Jair Bolsonaro.

Em outra questão que mostra um diálogo entre duas mulheres, uma delas está grávida e diz que o filho “não quer nascer se der Bolsonaro”. Nessa, a resposta correta seria a alternativa que afirma uma alusão a um projeto do candidato para reduzir o salário das mulheres “porque elas engravidam”. Uma afirmação totalmente falsa.

Após a divulgação da prova nas redes sociais, a Secretaria da Educação do município soltou nota dizendo que o posicionamento do professor não condiz com a orientação pedagógica do município.

Este é mais um caso de doutrinação nas escolas.

o/ Francine Galbier

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…