Após o ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski autorizar que Lula conceda uma entrevista à Mônica Bergamo, da Folha, a Procuradoria-Geral da República se posicionou e irá recorrer da decisão. O problema, como apontado pelo O Antagonista – que apurou o fato – é que o recurso na Segunda Turma dependerá do próprio Lewandowski.

o/ Francine Galbier