A imprensa deu mais um passo rumo ao abismo da própria credibilidade. A revista Veja editou uma matéria de 7 anos atrás em plena campanha presidencial para apagar uma referência de Haddad ao ‘Kit Gay’, justo um dos temas que seu adversário mais tem usado. Não houve fato novo sobre o tema, o que leva a crer que a edição foi feita exclusivamente para ajudar um dos lados nessa campanha. E é o lado de Haddad, claro.

Veja abaixo o título original da matéria, publicado em 27 de maio de 2011

Agora veja a matéria alterada em 13 de outubro de 2018.

No entando o link e a foto da matéria continuam os mesmos: https://veja.abril.com.br/educacao/kit-gay-sera-reformulado-e-lancado-ate-fim-do-ano-diz-haddad/

O site archive.org, que registra páginas da internet de tempos em tempos, salvou a matéria original para que todos possam ver.

A revista Veja podia explicar isso aos seus leitores.

Sabia que o MBL irá rodar o nordeste levando a verdade sobre o petismo até as pessoas que ainda acreditam na quadrilha? Assista o vídeo abaixo e saiba mais.

o/ Rafael Rizzo

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…