Um idoso identificado como seu Dedé, morador de Maranguape, região metropolitana de Fortaleza (CE), foi brutalmente agredido por um militante do Partido dos Trabalhadores, após tentativa de impedir que o mesmo arrancasse bandeiras do candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro.

Segundo testemunhas entrevistadas pela Revista Ceará que presenciaram a agressão, após a ação do seu Dedé contra o ato do homem ainda não identificado, o militante retornou e agrediu o idoso na região da cabeça, que desmaiou em seguida.

 

Socorrido e levado ao pronto socorro em sequência, ele registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Metropolitana de Maranguape acompanhado por um amigo que relatou em sua página pessoal no facebook o episódio de intolerância.

Na última semana, um outro eleitor do presidenciável do PSL morreu após ter sido espancado na Av. 13 de Maio na capital, Fortaleza. A viúva e esposa da vítima, grávida e mãe de dois filhos, diz ter sido informada pelos profissionais que socorreram a vítima, que ele havia sofrido uma parada cardiorrespiratória e não teria resistido, como relatou a revista.

o/ Cauê Del Valle