A futura primeira-dama Michelle Bolsonaro foi hoje a Brasília pela primeira vez após a eleição de seu marido para a Presidência da República.

Michelle disse à imprensa que pretende participar de todos os projetos sociais do governo.

“Todos os projetos sociais possíveis, até porque era algo que eu já fazia antes de me casar com Jair. Eu tenho um chamado para ação social. É algo que Deus colocou em minha vida, em meu coração”.

A futura primeira-drama ainda disse que suas prioridades serão a comunida surda, pessoas com deficiência e portadores de síndromes. Ela já atuou com intérprete de libras.

Michelle tambem foi até o Palácio da Alvorada a convite de Marcela Temer, atual primeira-dama, para conhecer a Residência oficial do Presidente da República. As duas também foram conhecer a Granja do Torto, outra residência oficial.

A futura primeira-dama ainda não decidiu qual dos locais ela e o marido Jair vão morar ano que vem. Semana que vem ela retorna à Brasília para escolher o colégio onde a filha caçula do casal, Laura Bolsonaro, vai estudar.

As informações são do G1.

Michael Melo / Metrópoles

o/ Rafael Rizzo

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…