Neste dia 18 de novembro a Brigada Militar do Rio Grande do Sul celebra 181 anos de serviços prestados à comunidade gaúcha e a data foi lembrada na versão impressa do jornal Zero Hora pela publicação de uma charge no caderno Fíndi, página 11, assinada pelo cartunista Armandinho (Alexandre Beck).

Na imagem, duas criança começam a apostar corrida em direção a uma terceira criança, mas a criança negra supostamente desiste da brincadeira após sentir-se ameaçada pela presença de um policial.

Em nota de repúdio assinada pelo presidente, Coronel Clovis Antônio Soares, o Colégio dos ex-Comandantes gerais da Brigada Militar registrou o caráter desrespeitoso e importuno da publicação e pediu para que o Zero Hora reconsidere a sua publicação.

O jornalista Políbio Braga, conhecido analista político do sul do país, repercutiu em seu blog a notícia e alegou tratar-se de ”uma tira racista” dando razão a nota de repúdio. O ZH ainda não se retratou publicamente sobre o episódio.

o/ Cauê Del Valle

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…