A esquerda resolveu marcar mais um ato da campanha #EleNão, contra o candidato à Presidência Jair Messias Bolsonaro, do PSL.

Dessa vez a manifestação será no sábado, 6, anterior às eleições que ocorrem no dia 7.

No Facebook, o evento marcado para a capital de São Paulo acontecerá no MASP, às 15:00, e é intitulado “2º Grande Ato mulheres contra o fascismo #elenão”.

Até o momento desta nota, 43 mil pessoas confirmaram presença e outras 147 mil estão interessadas no evento, que é organizado pelas “Mulheres Antifas”.

Também terá ato na Cinelândia, no Rio de Janeiro.

Tomando de exemplo os protestos de mesmo cunho político que ocorreram no sábado passado, parece que a esquerda resolveu ajudar Bolsonaro a chegar na Presidência.

Após os protestos do #EleNão, a popularidade do candidato aumentou, assim como suas intenções de voto. Ainda, ao contrário do que esperava a esquerda, ele cresce entre o público feminino.

Em reação aos protestos de sábado, que foram organizados e orquestrados com quase um mês de antecedência, no domingo tiveram atos espontâneos de apoio ao candidato em todo o país.

***

o/ Francine Galbier