Fernando Holiday e Pedro Deyrot comentam os principais assuntos desta quarta-feira (21) na edição ao vivo do MBL News no Youtube.

Na pauta:

Mozart no ministério da Educação?!

O educador Mozart Ramos, do Instituto Ayrton Senna, está sendo cotado para o ministério da Educação. Ele esteve no Conselho Nacional de Educação entre 2005 e 2014, durante os governos do PT. Mesmo com a negativa do Instituto em nota oficial, pessoas ligadas a equipe de transição do governo confirmaram ao MBL News que há conversas sobre Mozart assumir a pasta, e a possibilidade de indicação está causando conflitos já que o educador é próximo de Fernando Haddad e é contrário ao Escola Sem Partido.

Vai ou não ter ministérios da Cidade?

A equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro teria sondado o deputado federal Celso Russomano para o ministério das Cidades. De acordo com a Folha de S. Paulo, a pasta seria unificada com a Integração Nacional e Turismo e Marcos Pereira, presidente do PRB, não teria gostado da sondagem  pois não havia sido informado de nada, motivo pelo qual  Onyx Lorenzoni teria tido que apaziguar “os ânimos”. Procurado pelo MBL News, Russomano declarou que preferia “esperar para falar no assunto” e que era melhor “perguntar para o presidente do partido”. De outro lado, pessoas ligadas a equipe do Governo eleito disseram desconhecer a sondagem e informaram ao News que o plano é que “nem exista ministério das Cidades.”

Mais Médicos

O ministério da Saúde informou que em apenas uma hora após o início do edital para preenchimento das vagas deixadas pelos cubanos no Mais Médicos, mais de 2 mil profissionais se inscreveram. A procura foi tamanha que houve problema no sistema de inscrições. Mais de 1 milhão de pessoas acessaram o site e tentaram fazer inscrição, mas o servidor não aguentou e o site acabou saindo do ar algumas vezes, por isso a Associação Médica Brasileira pediu prorrogação do prazo de inscrição. Essa é para torcer a língua de quem dizia que somente os médicos cubanos aceitariam atender pelo programa Mais Médicos.

Fake News

O Catraca Livre inventou um falso assédio a uma repórter da Globo. Houve uma confusão no último jogo do Corinthians e do Vasco. Durante o caso, o ângulo de uma câmera de TV que mostrava a jornalista Fabíola Andrade deu a entender que um colega dela, também da Globo, teria passado a mão em seu corpo, mas na verdade ele estava enrolando um cabo de TV. Fabíola desmentiu oficialmente a fake news disseminada pelo Catraca Livre e disse que não foi assediada, mas o linchamento virtual ao seu colega de trabalho continua.

Põe pra trabalhar!

Kim Kataguiri esteve em Brasília nesta semana trabalhando pela aprovação da nova lei Antiterrorismo e pelo Escola Sem Partido. Lideranças do Movimento Brasil Livre também se reuniram com a CNA para articular o apoio de parlamentares liberais na aprovação da reforma previdenciária e da reforma tributária.

Chora mais

A central dos comedores de mortadela, mais conhecida como CUT, demitiu seis dezenas de trabalhadores do quadro da entidade e também está vendendo o prédio onde a sede está localizada no Brás. O prédio está avaliado em 40 milhões de reais. O novo endereço da CUT deve ser no centro antigo da capital, em um lugar mais barato.

o/ Francine Galbier

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…