A maior entusiasta do #EleNão conseguiu autorização do Ministério da Cultura para captar 1,5 milhão de reais da Lei Rouanet para produção de apenas dez shows acústicos. A informação é da Veja.

Com as declarações de Bolsonaro de que pretende extinguir o Ministério da Cultura, não é de se estranhar o ativismo feroz dos artistas que usam da Rouanet sem precisar.

o/ Francine Galbier