De acordo com o índice nacional de homicídios, 38.436 brasileiros foram assassinados durante os 9 primeiros meses deste ano. O número não leva em conta dois estados, Maranhão e Paraná, porque não divulgaram dados referentes a setembro, julho e agosto.  O levantamento leva em consideração homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. A informação é do G1.

Esse fato coloca mais ainda em evidência o problema latente da segurança pública no país. Futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro já possui algumas propostas de medidas que serão enviadas ao Congresso Nacional durante sua gestão:

1. Condenados por homicídio pelos tribunais do júri devem cumprir a pena imediatamente, sem esperar o julgamento de recursos;

2. O fim da progressão de pena e saidinhas para presos que tenham vínculos com organizações criminosas;

3. O aumento do prazo de prescrição de pena para crimes graves;

4. A regulação mais clara para que policiais possam trabalhar disfarçados;

5. A ampliação do banco de dados genético para esclarecer crimes com exame de DNA;

6. Proteção de denunciantes anônimos;

Com essas mudanças, espera-se uma melhora do quadro crítico em que a segurança pública do Brasil se encontra.

o/ Francine Galbier

Vídeo: Constrangido por Kéfera em Encontro, Wallace fala com exclusividade ao MBL News

O assunto do final de semana foi o show de arrogância da youtuber Kéfera no programa global > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…