Cumprindo o final de seu mandato como deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PSL), destinou mais R$ 2 milhões de uma emenda individual parlamentar para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG).

O hospital ficou conhecido após prestar o primeiro atendimento ao então candidato à presidente, no episódio em ele foi vítima de uma facada durante a passagem de sua campanha pela cidade. Como deputado, Bolsonaro tem direito a direcionar até R$ 15,4 milhões em emendas parlamentares ao orçamento da união de 2019.

O presidente justificou o destino da emenda afirmando que o déficit da instituição em 2017 teria sido de R$ 27,1 milhões. Como este tipo de verba é impositiva, o governo deve executar.

Recentemente milhares de eleitores de Bolsonaro publicaram doações feitas a Santa Casa, após o TSE informar que mesmo manifestando interesse em doar o que havia sobrado de sua campanha ao hospital, o presidente eleito teria que devolver a quantia ao seu partido.

A assessoria de imprensa da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora confirmou o recebimento das doações, no entanto não divulgou um balanço de quantos depósitos foram feitos e nem o valor arrecadado desde o começo da iniciativa popular.

o/ Cauê Del Valle

Imposto não é roubo! – Um Apelo à Defesa Consistente do Liberalismo

Por Alexandre Lopes “Que imposto é roubo é algo evidente!” §1 Há uma diferença fundamental entre os > continuar lendo…

Com novo filme nos cinemas, Danilo Gentili concede entrevista exclusiva ao MBL News

Palestrante do IV Congresso Nacional do MBL e um dos humoristas mais bem sucedidos do país, Danilo > continuar lendo…

MBL-Ceará é proibido de entrar em palestra pública de Ricardo Lewandowski

Nesta sexta-feira, 07, Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, ministrou uma palestra pública na Câmara Municipal de > continuar lendo…

10 motivos para ter vergonha do STF

A Constituição Federal brasileira garante liberdade de expressão a todos os brasileiros. É o que parece. Essa > continuar lendo…

“Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF”, diz advogado que recebeu ordem de prisão de Lewandowski em entrevista ao MBL News

Na última quarta-feira, 5, o Brasil ficou horrorizado ao descobrir que o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo > continuar lendo…

‘’Prefiro defender um policial no tribunal a ir ao funeral dele’’ diz Wilson Witzel em entrevista exclusiva ao MBL News.

 ‘’Quem está portando uma arma de guerra certamente não está disposto a conversar ou negociar com as > continuar lendo…

Escola Sem Partido está a um passo de ser votado na Câmara dos Deputados e se tornar lei federal

Há pouco tempo atrás, a imprensa condenou a postura de uma professora de história, a catarinense Ana > continuar lendo…