Por recomendações médicas, Jair Bolsonaro não irá participar do debate da Band previsto para essa semana. A tendência é que também fique de fora dos debates da Gazeta, RedeTV e SBT, e talvez participe dos debates da Globo e Record. Seu concorrente, Fernando Haddad, declarou que iria até a enfermaria para debater com o candidato do PSL, caso fosse preciso. Pelo Twitter, Bolsonaro respondeu: “Calma que sua hora vai chegar, marmita de corrupto preso!”.

Alianças da esquerda

Após Fernando Haddad declarar que está disposto a incorporar algumas propostas de Ciro Gomes ao seu programa de governo, o  presidente do PDT, Carlos Lupi, confirmou ao site Valor que seu partido irá compor uma “frente democrática” encabeçada pelo PT. Disse que se trata de uma frente “contra o risco que a democracia corre hoje” e que Bolsonaro “é o golpe”. Mas Ciro Gomes não quer sua imagem associada ao petismo. Irá apoiar “criticamente” Haddad no segundo turno mas não subirá em palanques ao lado dele.

o/ Francine Galbier