Jair Messias Bolsonaro, PSL, foi eleito o 38º Presidente da República neste domingo, 28 de outubro, com 55,49% dos votos válidos contra 44,51% de Fernando Haddad, PT. Esse é o resultado final após a apuração de 96,27% das urnas.

Primeiro discurso

“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, foi assim que começou o primeiro discurso do novo presidente eleito. Ele agradeceu aos brasileiros pela oportunidade e disse que nunca se sentiu sozinho diante das ameaças sofridas pelo caminho. “Como defensor da liberdade, vou guiar um Governo que defenda e proteja os direitos do cidadão que cumpre seus deveres e respeita as leis, que são para todos. Assim será nosso Governo: Constitucional e Democrático”, disse.

Após 4 Governos do PT, um direitista assume o mais alto posto da nação. É a quebra de um ciclo e início de uma nova era.

Uma vida quase interrompida

No dia 6 de setembro, durante campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, Bolsonaro foi esfaqueado no intestino delgado e no intestino grosso, e quase perdeu a vida. O responsável pelo crime foi um ex-filiado do PSOL e militante de esquerda, Adélio Bispo. O então candidato teve sua campanha prejudicada, dando continuidade através das redes sociais. Mas isso não o impediu de liderar a corrida eleitoral, como mostrava as pesquisas de intenções de voto.

***

Francine Galbier
@francinegalbier
Atriz, estudante de Direito, repórter e editora-chefe do MBL News.