A paulada que o PT tomou no primeiro turno das eleições os deixou tão desorientados que mudaram tudo para o segundo turno.

A campanha presidencial de Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores, agora usa verde e amarelo, esconde Lula do logo e passa a dar mais destaque para a até então sumida Manuela Dávila. A informação foi dada mais cedo pelo blog O Antagonista e confirmada agora no próprio perfil de Haddad no twitter.

 

A ação mostra que a extrema-esquerda está desesperada nessa etapa final da corrida presidencial. Estão abandonando símbolos e bandeiras e “fazendo o diabo” para ver se conseguem mais alguns votos. A primeira pesquisa do segundo turno não é nada boa para eles, afinal.

Além disso, Haddad estaria inclusive a falar sobre armas em sua campanha. A medida foi proposta por governadores do nordeste, que teriam dito que isso pegou bem entre eleitores mais pobres.

o/ Rafael Rizzo